Histórico

  • O 1º Simpeixe!

O Brasil possui um imenso potencial para o desenvolvimento da piscicultura, entretanto, principalmente pela falta de informação técnico-científica, o crescimento da produção ainda é incipiente para essa realidade.

Diante desse cenário surgiu a proposta desse evento que teve como objetivos reunir, discutir e divulgar informações e novas tecnologias sobre o manejo da piscicultura; atualizar conhecimentos; promover debates e levantar demandas para a pesquisa científica. Acreditamos que também foi uma oportunidade singular para que as diversas disciplinas e os diferentes integrantes da cadeia piscícola brasileira pudessem trocar teorias e práticas, estabelecer vínculos produtivos e apresentaram à sociedade os resultados de seus trabalhos e de suas reflexões.

O programa científico foi cuidadosamente elaborado e contou com a participação de renomados pesquisadores acadêmicos na área que, através da modalidade de palestras, permitiram alcançar todos esses objetivos. Houve mais de 80 participantes nesse 1º Simpósio realizados nos dias 17 e 18 de Setembro de 2013 na Universidade Estadual de Londrina (UEL), provenientes dos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Amazonas, superando todas nossas expectativas. Também teve a apresentação de mais de 30 pôsteres sobre os mais variados temas no âmbito da piscicultura, demonstrando o interesse da comunidade científica.

Dentro do marco da Universidade Estadual de Londrina, o evento permitiu a participação direta de estudantes de Graduação, Pós-Graduação e professores do Departamento de Zootecnia e de outros Departamentos, os quais tiveram a oportunidade de obter experiências acadêmicas e àquelas relacionadas com a organização de um evento científico. O Departamento de Zootecnia representado pelo coordenador do evento, conseguiu se colocar em evidência no âmbito da piscicultura local, regional, estadual e nacional, esperando-se um impacto acadêmico-produtivo sem precedentes na comunidade científica e na cadeia produtiva piscícola.

Agradecemos o apoio recebido pela Fundação Araucária, importante parceira na realização desse evento e sem a qual, sua realização não teria alcançado tanto sucesso. Por causa desses excelentes e contundentes resultados, o coordenador do evento e a comissão organizadora recomendam e solicitam gentilmente à Fundação Araucária seu apoio constante aos próximos SIMPEIXE que serão realizados. Com certeza essa parceria permitirá alcançar o enriquecimento e a excelência dos próximos eventos.

  • Quem foi?

Participaram do evento professores, estudantes, profissionais, técnicos e produtores de diferentes instituições de ensino, pesquisa e produção, provenientes dos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Amazonas.

  • Sobre o que falamos?

Através da forma de palestras, foram abordados oito temas de relevância para a cadeia da piscicultura, ministrados por renomados professores pesquisadores. Os temas foram os seguintes: melhoramento genético de peixes no Brasil, Principais parasitos em pisciculturas do Norte do Paraná, Cultivo de tilápia em tanques-rede, Cultivo de peixes redondos, Nutrição protéica para maximização da produção de filés de tilápia, Impacto econômico do melhoramento de peixes no Brasil, Homeopatia populacional em tilápia do Nilo e Aproveitamento dos resíduos de filetagem.

  • Quem ajudou?

    • Fundação Araucária:  apoio econômico.
    • FAUEL: apoio logístico.
    • UEL: apoio logístico e de infraestrutura.
    • Induslab: apoio econômico.
    • Integrada: apoio econômico.
    • Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal: apoio econômico.
    • Revista Panorama da Aquicultura: apoio na divulgação.
    • Portal do peixe: apoio na divulgação.

 

  • O que conseguimos?

Com a realização do I Simpósio em Piscicultura do Departamento de Zootecnia da UEL conseguiu-se alcançar:

  • Difusão de conhecimentos especializados sobre tecnologia moderna na produção de peixes.
  • Aquisição de novos conhecimentos e de ferramentas básicas de uso diário na piscicultura de água doce.
  • Avaliação das tendências da piscicultura de água doce, frente às mudanças de mercado e frente à ciência e tecnologia.
  • Fortalecimento da piscicultura na região e no Paraná.
  • Fundar e fortalecer o evento no Departamento de Zootecnia da UEL objetivando a sua realização bianual a partir do ano 2013.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s